Illustrator CC 2018: As Novidades Mais Mão Na Roda Para Você!

O Illustrator é uma ferramenta do seu dia a dia? Então, confira as novidades do Illustrator CC 2018 que vão facilitar a sua rotina como designer!
Illustrator CC 2018: As Novidades Mais Mão Na Roda Para Você!

No último evento Adobe Max, que aconteceu em Outubro (2017), a Adobe lançou várias novidades nos produtos do pacote Adobe Creative Cloud.

Nós já listamos as novidades do Photoshop e você pode encontrá-las acessando este artigo:

Agora, falando especificamente do Illustrator, a nova versão também veio com algumas novidades bem interessantes.

Essa nova atualização não trouxe necessariamente muitas novas ferramentas, mas algumas melhorias bem importantes naquelas que já existem, além de novas funcionalidades.

Com certeza, quem trabalha muito com vetores e ilustrações vai sentir a diferença logo de cara. Vamos lá!

1) Novo Painel de Propriedades (Properties Panel)

Não é necessariamente uma nova função, mas com certeza é algo que vai facilitar a sua vida, pois deixa mais fácil o acesso à maioria dos comandos necessários.

O Painel de Propriedades foi totalmente aprimorado. Quando você selecionar um objeto ou uma função, o painel automaticamente vai mostrar várias possibilidades de ações rápidas.

Esse painel é bem poderoso, totalmente adaptável e vai economizar muitos cliques. Por exemplo, quando você selecionar vários objetos, ele já mostra opções de transformação e agrupamento; quando você selecionar textos, ele mostra o painel de edição de texto e opções como transformar texto em curvas.

Dica de Leitura: Photoshop: 5 Dicas Básicas Para Melhorar Seu Fluxo de Trabalho

2) Nova ferramenta de Distorção de Marionetes (Puppet Warp)

O nome em português dessa ferramenta, Distorção de Marionetes, ficou meio esquisito, mas ele até que faz sentido porque você pode realmente criar marionetes e distorcê-las livremente.

Com essa função, você pode transformar totalmente desenhos vetoriais, sem a necessidade de ajustar as linhas ou pontos de ancoragem.

Funciona assim: você escolhe pelo menos três pontos do desenho que deseja alterar, pode mover, girar e esticar cada um dos pontos, e o desenho seguirá naturalmente.

Essa ferramenta pode ser bem útil para alterar as poses de personagens e figuras e criar elementos de tipografia interessantes e expressivos. Imagine que você criou uma ilustração mega elaborada para um cliente, e ele pediu que apenas um detalhe fosse alterado, por exemplo, que o cachorro olhe mais para cima. Essa alteração fica bem mais fácil agora.

3) Novidades nas fontes

Assim como na última versão do Photoshop, o Illustrator agora também tem suporte às fontes variáveis, e isso já deixou bastante gente animada.

Agora com o suporte a este formato de fontes OpenType (identificadas com VAR no painel de fontes), você pode alterá-las em vários atributos. Nas fontes suportadas, você pode alterar atributos como espessura, largura, inclinação, entre outros. Isso é incrível porque permite que você tenha centenas de opções de fontes em uma só, simplesmente deslizando no painel de propriedades.

Além dessa novidade, a nova versão tem suporte às Fontes SVG, ou seja, fontes no formato de vetores que podem ter efeitos diferentes de cores, gradientes, transparências e sombras.

Além disso, na parte de inserção de símbolos (Glyphs), a fonte EmojiOne foi adicionada, permitindo a inserção de Emojis. É claro que eles podem ser convertidos em curvas e editados livremente!

Dica de Leitura: Tipografia: O Que É e Como Ela Contribui Para a Experiência do Usuário?

4) Melhorias nas Pranchetas (Artboards)

Agora, o Illustrator permite que você crie até 1000 pranchetas em um mesmo documento. Parece meio exagerado, mas ajuda bastante quando você vai trabalhar em um pacote grande de ícones, por exemplo.

Além disso, algumas funcionalidades de organização das pranchetas melhoraram. É possível selecionar várias de uma vez, alinhar e organizar tudo em poucos cliques. Agora, os objetos vinculados a uma prancheta se movem junto a ela.

5) Exportar ativos (Asset Export) ficou mais fácil

O painel de exportação de ativos (Assets Export) ficou melhor nesta última versão, basta arrastar a ilustração para dentro do painel. No local selecionado, o Illustrator pode criar várias pastas, separando por tamanho das escalas escolhidas para exportação. A ferramenta ficou bem mais simples, e também permite separar os assets, agrupar, salvar em vários formatos e pastas. Sem dúvida, uma mão na roda para muitos designers!

Na verdade, essa versão do Illustrator veio com várias novidades bem interessantes, mas nós listamos apenas as que consideramos mais impactantes. Outras coisas também chamaram a nossa atenção, como o suporte para Touch Bar do novo MacBook Pro, o que permite acessar algumas ferramentas e controles diretamente.

Se você gostou desse conteúdo não se esqueça de clicar em curtir e compartilhar! Esse pequeno gesto ajuda bastante no nosso trabalho! Fique à vontade para continuar navegando aqui e, caso queira receber nossos conteúdos por email, inscreva-se na nossa newsletter!

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Cursos

Temos orgulho de ter todo mês novos alunos contratados em países como Brasil, Irlanda, Portugal, Áustria, Nova Zelândia e Canadá.
Faça parte da comunidade Aela no Telegram!
Receba nossos conteúdos e notícias em primeira mão