Interação
Google I/O 2019 — Oportunidades Em UX Design e Mais
Lista de conteúdos
Interação

Google I/O 2019 — Oportunidades Em UX Design e Mais

Google I/O 2019 — Oportunidades Em UX Design e Mais

Google I/O é uma Conferência anual do Google que ocorre desde 2008. Ela é voltada para as novidades e para o desenvolvimento de aplicações para os seus sistemas operacionais, mais especificamente o Android. Na conferência também são apresentados novos aplicativos, funções e gadgets, como celulares e tablets.

Sundar Pichai é CEO do Google e começou na empresa em 2004. Participou de vários projetos bem-sucedidos da multinacional, como o Google Chrome, por exemplo.

Google I/O — Keynote 2019

Segundo Pichai, a missão do Google é organizar a informação do mundo e transformá-la em algo útil que todos possam ter acesso.

O foco é fazer com que os produtos trabalhem a serviço do usuário em qualquer contexto. Seja no trabalho ou em casa, tais produtos devem ser prestativos para as necessidades. Alguns exemplos citados por Sundar:

  • Mandar e-mails de forma mais rápida e prática, utilizando-se de soluções automáticas da Smart Reply e podendo excluir uma mensagem já mandada;
  • Ajudar a escolher a rota mais rápida no GPS;
  • Ativar o celular para modo “não perturbe” e backup automático de fotos para curtir momentos offline.

Percebe-se que essa ideia de pensar no usuário, em suas necessidades e trazer soluções para o cotidiano dele, é justamente a proposta do UX Design.

É uma metodologia que coloca o usuário em foco e resolve seus problemas de forma prática. Sempre utilizando processos humanos e tecnológicos.

Dica de Leitura: UX Design – O Que é e Como Atuar na Área?

Ferramentas de pesquisa Google

Durante a palestra, diversas novas ferramentas e novidades foram mostradas. Falaremos de algumas a seguir que irão demonstrar a importância do UX Design no desenvolvimento de novas tecnologias para usuários.

Full Coverage

A primeira ferramenta apresentada na conferência teve muitos feedbacks positivos e é chamada Full Coverage. Com ela é possível ter diversas perspectivas e informações sobre um mesmo assunto noticiado. O usuário consegue acessar, até mesmo, uma cronologia dos acontecimentos.

Dessa forma, o leitor acessa diversas fontes de informação. Não ficando limitado a só uma versão dos fatos. Além de mostrar os diversos momentos em que o assunto esteve em alta.

Demonstração da timeline do Full Coverage

Podcast

Os podcasts tornaram-se muito populares e atendem um grupo mais específico de pessoas. Seus usuários, geralmente, preferem ouvir do que ler sobre um assunto.

Por isso, os podcasts também receberam novidades. Segundo Pichai, está é uma ótima fonte de informação. Agora, eles serão mostrados diretamente na página de pesquisa, priorizando seu conteúdo e não somente o título. O usuário poderá ouvi-lo instantaneamente, ou adicioná-lo em uma lista para ouvir mais tarde.

Exemplificação da nova forma de apresentação de Podcasts

Realidade aumentada

Outra grande inovação na página de pesquisa é a inserção de realidade aumentada e visão computacional. A ideia é usar a câmera do celular como uma ferramenta. Ela ajudaria, dessa forma, o usuário a entender o mundo em sua volta. Segundo Aparna, VP do Google, uma coisa é você ler sobre flexão e extensão, outra coisa é você ver na realidade como funciona.

Por exemplo: ao procurar o termo “flexão muscular humana”, será encontrado um modelo 3D, feito pela Visible Body, diretamente da página de pesquisa. O usuário poderá também colocar o objeto a sua frente através da câmera. Confira a foto:

Modelo 3D de uma flexão muscular disposta em uma mesa

A realidade aumentada também será útil ao de fazer compras virtuais. O consumidor poderá olhar o produto em todas as suas dimensões. Além disso, será possível conferir se o produto combina com uma peça de roupa. Bastaria apenas colocar por realidade aumentada um lado a lado ao outro.

Dica de Leitura: UX Design em Games – Como Melhorar a Experiência do Jogador

Google Lens

Na mesma ideia de expandir a funcionalidade da câmera dos smartphones, o Google Lens vem para representar aquelas pesquisas que não podem ser feitas com palavras. Por exemplo: o usuário tira foto de uma árvore florida e a pesquisa dirá qual é a flor; ou a foto de um quadro e saber o nome do pintor; ou onde o usuário pode descobrir onde comprar um móvel apenas por uma foto.

É uma forma de indexar o mundo físico de bilhões de lugares e produtos no mundo virtual.

Veja abaixo alguns exemplos interessantes de uso para o Google Lens.

Restaurantes

Caso o cliente esteja com dúvida, ele poderá apontar a câmera para o cardápio e encontrará os pratos mais pedidos. Além disso, poderá encontrar mais fotos e avaliações de outros usuários. Ao final da refeição, o Lens lerá a conta, calculará a gorjeta e dividirá pelo número de pessoas.

Demonstração do Google Lens em um cardápio

Receitas, museus e revistas

Outras ideias ainda em desenvolvimento é a possibilidade do usuário apontar a câmera para uma receita e o aplicativo disponibilizará um vídeo de como fazê-la. A ideia é conseguir futuros parceiros em museus, revistas e revendedores, para levar experiências visuais únicas ao usuário.

Leitura de Placas e Anúncios

Por fim, algo que pode melhorar a vida de muitos: usar o Lens para ler placas e anúncios. O usuário conseguirá até mesmo traduzi-los para um idioma de escolha. O aplicativo ressalta a palavra que está sendo dita em tempo real. E se o usuário escolher traduzir, o texto original some e o traduzido fica por cima de cada palavra a qual se referencia.

Cartaz sendo lido instantaneamente com o Lens

Essa ferramenta é junção de texto-fala, visão computacional, poder da tradução e 20 anos de compreensão da linguagem da pesquisa, segundo Aparna.

Levando isso para uma visão mais de UX Design, essa facilidade é uma grande solução para um enorme problema: pessoas que possuem dificuldade na leitura. Ou seja, foi pensada para analfabetos, pessoas com problemas de visão, que não falam o idioma em questão e tantos outros grupos que se enquadram nessa situação.

Assim, a partir do reconhecimento de uma necessidade, a tecnologia trabalha a favor do ser humano e de sua interação com o mundo. Buscando, então, soluções úteis e prestativa ao usuário.

Dica de Leitura: Teste de Usabilidade – 10 Dicas Para Preparar e Conduzir Com Eficiência

Duplex on the web

É uma ferramenta ainda em desenvolvimento que permitirá o Google Assistant a fazer reservas em restaurantes no nome do usuário, por meio de ligações. Além disso, se o usuário tiver no calendário uma viagem marcada, ele poderá pedir ao Google Assistant para alugar um carro no destino.

A ferramenta abre o site nacional de aluguel de automóveis e preenche automaticamente os dados da pessoa; isso faz com que o usuário economize tempo e tenha um problema solucionado de forma prática.

Preenchimento automático de dados pelo Duplex on the web

É importante notar que o processo de desenvolvimento dessas tecnologias envolve diversos profissionais. Um deles é o UX Designer, o qual vai atuar buscando soluções e aperfeiçoamentos na ferramenta para ficar cada vez melhor para o usuário. Isso é feito a partir de pesquisas que envolvem empatia, cooperação, trabalho em equipe e testes de usabilidade até chegar em uma versão “final”.

UX Design

Após esse panorama geral das novidades da I/O do Google, é inevitável perceber que o foco das pesquisas e inovações tecnológicas, é o usuário, e assim, facilitar a vida de quem a usa.

O UX Design busca justamente isso, como já dito anteriormente, é a junção de tecnologia com pessoas. Assim, a partir de certas habilidades e processos, o Product Designer consegue encontrar soluções viáveis para diversos problemas. Tanto em site, aplicativo, produto ou serviço, o UX Designer pode usar a estratégia de testes de usabilidade a fim de corrigir erros e dificuldades ainda vigentes.

E com tantas inovações e buscas para melhorar as tecnologias, a oportunidade para UX Designers só vem crescendo e crescerá ainda mais durante os próximos anos. Pois, é a visão desse profissional que irá atuar em identificar dificuldades de usabilidade que os usuários irão encontrar nesse caminho com as novas tecnologias que surgem no mercado.

Caso queira assistir a palestra do Google Keynote 2019 em sua plenitude:

if(window.strchfSettings === undefined) window.strchfSettings = {};window.strchfSettings.stats = {url: “https://aela-io.storychief.io/pt/google-io-2019-oportunidades-ux-design?id=1012629134&type=2”,title: “Google I/O 2019 — Oportunidades Em UX Design e Mais”,id: “6aa280f8-87e7-4053-a27d-291065009b13”};(function(d, s, id) {var js, sjs = d.getElementsByTagName(s)[0];if (d.getElementById(id)) {window.strchf.update(); return;}js = d.createElement(s); js.id = id;js.src = “https://d37oebn0w9ir6a.cloudfront.net/scripts/v0/strchf.js”;js.async = true;sjs.parentNode.insertBefore(js, sjs);}(document, ‘script’, ‘storychief-jssdk’))

Se você gostou desse conteúdo não se esqueça de clicar em curtir e compartilhar! Esse pequeno gesto ajuda bastante no nosso trabalho! Fique à vontade para continuar navegando aqui e, caso queira receber nossos conteúdos por email, inscreva-se na nossa newsletter!


Cursos

Temos orgulho de ter todo mês novos alunos contratados em países como Brasil, Irlanda, Portugal, Áustria, Nova Zelândia e Canadá.